POR | ENG


O Projeto DOCUMENTAR - FARO INTERIOR, é uma iniciativa da ALGARVE FILM COMMISSION com o apoio financeiro do PRODER, que prevê um conjunto de actividades em diversos locais, incluindo as freguesias de Estoi e Santa Bárbara de Nexe.


CARACTERIZAÇÃO
Com este projeto, a ALGARVE FILM COMMISSION pretende promover a valorização e divulgação do Património Cultural Local, e gerar uma nova dinâmica em torno das Actividades Criativas ligadas ao AUDIOVISUAL.
Através da criação de conteúdos, pretende-se contribuir para a PRESERVAÇÃO, RECUPERAÇÃO, VALORIZAÇÃO E PROMOÇÃO DA CULTURA, MEMÓRIA E IDENTIDADE LOCAIS. Recorrendo às gerações mais antigas, promove-se a continuidade do conhecimento através do seu legado cultural, como fonte inestimável de estórias e tradições que servem de base aos conteúdos vídeo, produzidos em colaboração com talentos criativos locais.

Em todas as fases, desde pesquisa, recolha e divulgação, tem sido promovido diálogo com Entidades e Autoridades locais, Municípios, Juntas de Freguesia, Centros de Investigação, Escolas, Associações culturais e sociais.

OBJETIVOS
- Produzir conteúdos audiovisuais com vista à Valorização e Promoção da Cultura Local, com recurso a Equipas de Talentos criativos locais;
- Registar, organizar e manter uma base de dados de Edifícios e Locais de Interesse Patrimonial e Cultural; Agentes criativos locais e, Factos e Estórias do Património e Cultura Local;
- Disponibilizar na Internet, através destas páginas web, toda a informação que consta nestas Bases de Dados, mantendo-as em aberto para que possam crescer e serem actualizadas também com o contributo da população em geral.


A divulgação que tem vindo a ser feita no âmbito do projeto têm assumido a forma de Masterclasses, realizadas em cada uma das localidades de estudo. Estas foram promovidas pela Algarve Film Commission, e dirigidas por Pedro Sena Nunes, realizador, docente, consultor e programador. Reconhecido profissional nas áreas da fotografia, cinema documental, artes visuais e outros projetos de áreas transversais como as Artes Performativas (performance, teatro e dança).
As Masterclasses têm sido divulgados via internet, através de contacto directo por e-mail, WebSite e Facebook da Algarve Film Commission, Blog Pedro Sena Nunes, e as entidades de cooperação (Juntas de Freguesia, Centros de Investigação e escolas); para além das notas de impressa em jornais regionais. A Masterclasse de Faro Interior aconteceu a 11 de Junho de 2011 e teve lugar em Estoi, nas instalações da Junta de Freguesia, contando com o apoio desta.
Para além das iniciativas neste formato, irão acontecer sessões de apresentação com a projecção das obras filmadas no decorrer do projeto e outras já existentes com temática semelhante. Tendo já acontecido a exibição dos documentários resultantes do projecto Documentar Faro Interior, no dia 10 de Setembro pelas 21h30, no coreto do Jardim Manuel Bivar, integrado no certame Faro Mostra, no seguimento das comemorações do dia do Município de Faro.

O SITE
O site FAROINTERIOR.DOCUMENTAR.ORG é o repositório, por excelência, de toda a informação recolhida no âmbito do projeto.
Em vez das designações formais, adoptaram-se as indicações ‘Lugares’, e ‘Estórias’, para fomentar uma maior aproximação ao público em geral.  
Dentro dos ‘Lugares’ consideram-se os Edifícios e Locais de Interesse Patrimonial e Cultural, distribuídos por Edifícios e estruturas construídas (Arqueologia Industrial, Casa Tradicional, Espaços Culturais, Educativos, Religiosos, e Hídricos - poços, cisternas, noras, fontes, aquedutos). Incluem-se também as sub-categorias: Aldeias Típicas, Arqueológico, Jardins e Miradouros, Rural.
Ainda nos ‘Lugares’ encontramos o ‘Património Natural’, constituído por Áreas Naturais, Locais de interesse paisagístico, Plantas Tradicionais, Recursos Hídricos, Sítios de Interesse Biológico, Trilhos e Percursos de Lazer.


As Estórias são compostas por vídeos, os testemunhos dos mais velhos, os sábios e experientes, e dos mais novos, os interessados em dar continuidade às sabedorias passadas entre gerações e a exploração de novos materiais, formas e utilidades.

No separador ‘Guia’ é possível aceder às listagens, entre outros, do Artesanato, Profissões Tradicionais e Produção Artesanal de Produtos Regionais, assim como de Criativos que fazem parte da realidade cultural de cada território onde o projeto incide.